Escolha uma Página

Alguns sintomas da fibromialgia podem afetar diretamente os relacionamentos afetivos, consequentemente, por ainda ser considerado um tabu, muitos fibromiálgicos se sentem envergonhados para falarem sobre esse assunto com o seu médico e com o seu parceiro(a), invalidando a possibilidade de haver um tratamento para amenizar as dores e proporcionar uma vida sexual mais saudável para si.

Por causa da fibromialgia, alguns pacientes podem ter a perda ou redução da libido, levando ao mau desempenho sexual. A rigidez e as dores nas articulações são fatores bastantes recorrentes em pessoas que enfrentam a fibromialgia, impedindo que o indivíduo desfrute do momento com o seu parceiro, por medo de agravar os sintomas.

Contudo, novos hábitos podem ser adotados para uma melhora na qualidade da atividade sexual do indivíduo com fibromialgia. Cada forma de tratamento pode depender do quadro apresentado pelo paciente e o seu médico saberá qual é a melhor alternativa para o seu caso.

Portanto, atividades para reduzir o estresse como a prática de atividade física, um banho quente para aliviar as dores articulares e em casos mais sérios a utilização de medicamentos (para melhorar o desempenho sexual e a libido), podem ser alguns caminhos para os fibromiálgicos que enfrentam esse problema. No entanto, todas as indicações devem sempre ser feitas pelo médico.

Share This