Escolha uma Página

Em uma pesquisa realizada pelo BMC Gastroenterology, constatou que uma dieta alimentar livre de glúten melhora notavelmente a saúde de mulheres com fibromialgia e com síndrome do intestino irritável.
Ainda que não exista um motivo único e preciso para o surgimento da fibromialgia, esse resultado contribui bastante para o tratamento da doença.

Um dos pontos principais da pesquisa sugere que o glúten produz um processo inflamatório no trato intestinal do organismo, contribuindo para o aumento da sensibilidade do sistema nervoso central – sendo este, o principal causador da fibromialgia.

O consumo do glúten (presente no trigo, centeio, cevada e em outros alimentos) pode causar inflamações intestinais e nas células do corpo, podendo afetar articulações, músculos e tecidos, surgindo então a relação com a síndrome fibromiálgica.

Por isso, atente-se para o consumo da proteína do trigo e procure um profissional especialista para evitar complicações e sugerir mais formas de tratamento para essa doença.

Share This