Escolha uma Página

A aferição laboratorial de ferritina é obrigatória na dor por ser uma forte marcadora da inflamação crônica.⠀

Muitos estudos demonstram que índices acima de 100 mcg/L estão relacionados a:⠀

▫ Redução do desempenho cardíaco⠀
▫ Aumento da incidência de ateroscleroses⠀
▫ Infecção bacteriana⠀
▫ DM II⠀
▫ Câncer, gota e envelhecimento⠀

A ferritina elevada também pode indicar um estoque normal de ferro, mas não disponível para a hemácea (anemia da inflação crônica) e outros processos Ferro dependentes.⠀

Assim, ao detectar ferritina elevada deve-se averiguar outros marcadores da inflamação crônica como a PCR, insulina, a relação triglicerídeos/HDl, fibrinogênio, entre outros. A redução da inflamação acarretará em redução dos níveis da ferritina sérica

Share This