Escolha uma Página

1. Recém nascido não sente dor;
2. Crianças pequenas não se lembram da dor;
3. criança que não verbaliza a dor, não sente dor;
4. A dor da criança é diferente da do adulto;
5. Crianças metalizam o opióide diferentemente dos adultos e têm maior risco de depressão respiratória;
6. Crianças desenvolvem rapidamente adição aos opióides

Embora esses conceitos e mitos sejam infundados, muitos profissionais ainda acreditam que a criança não sente dor e não consideram sua avaliação e tratamento uma prioridade no cuidado. A ausência de sinais não significa ausência de dor, e estratégias devem ser adotadas no sentido de não subestimar o evento doloroso nas crianças.

Share This