Escolha uma Página

A presença do Ponto Gatilho (PG) muscular é patognomônico da Síndrome Dolorosa Miofascial (SDM) e é definido como um ponto bem localizado e hiper irritável localizado em uma banda tensa palpável no músculo esquelético.
A fisiopatologia da banda tensa ainda não é totalmente clara. Simons propôs um mecanismo para explicar a formação da banda tensa: o cálcio intracelular pode ser excessivamente liberado pelo retículo sarcoplasmático de certas fibras musculares, em resposta ao trauma ou estresse anormal. A liberação anormal do cálcio pode ocasionar encurtamento incontrolável da fibra, pela interação da actina e miosina. Consequentemente, ocorre uma contratura local (banda tensa), onde há ativação dos miofilamentos sem controle neurogênico e atividade elétrica. Esta situação gera um aumento do gasto energético. Este encurtamento implica na circulação sangüínea local, causando diminuição dos nutrientes e do oxigênio para a região.
Forma-se então, um ciclo vicioso, em que há ocorrência de crise energética do músculo e a formação da banda tensa.
A manutenção das condições patológicas causadoras e a falta do tratamento da SDM podem perpetuar esses fenômenos eletrofisiológicos, e muitos pontos latentes podem se tornar ativos, o que na prática clínica, dá a impressão de que a dor muda de lugar, ou caminha. Além disso, podem surgir pontos em estruturas adjacentes, principalmente na área da dor referida, chamados pontos satélites.

Share This