Escolha uma Página

Você pode não ver, mas ela está aí!
A fibromialgia, com o avanço dos estudos, já não tem sido mais considerada uma doença reumatológica e sim uma doença neurológica. Apesar da presença de fatores inflamatórios, a fisiopatologia da doença está muito mais relacionada a um “mal funcionamento”do sistema neurológico endógeno supressor da dor.

De acordo com a IASP (International Association for the Study of Pain), DOR é uma experiência sensitiva e emocional desagradável associada ou relacionada a lesão real ou potencial dos tecidos. Cada indivíduo aprende a utilizar esse termo através das suas experiências anteriores.” Sendo assim, se prestarmos atenção observamos a presença do termo “lesão potencial”, ou seja, aquela que não é visível, mensurável de forma objetiva e nem palpável.

Assim sendo, lembre-se: A fibromilagia, como toda dor crônica, NÃO é coisa da sua CABEÇA, ela está aí, no seu CÉREBRO.

Share This